31 de outubro de 2014

Ataque cardíaco - como evitar surpresas

 

N√£o houve tempo para nada. Come√ßou com malestar repentino horas antes quando batia bola com alguns colegas de trabalho na Alemanha, onde cobria a Copa do Mundo para Casseta e Planeta. Horas depois, a not√≠cia: o humorista Bussunda (Cl√°udio Besserman Vianna), estava morto, v√≠tima de ataque card√≠aco fulminante. A partir desse momento milh√Ķes de brasileiros come√ßaram prudente avalia√ß√£o pessoal para mudar o estilo de vida e afastar riscos que podem levar a surpresa semelhante.

Procurado pelo jornal Vida Integral, o Dr. Murilo Guérios Bittencourt, professor da disciplina de Cardiologia na Universidade Federal do Paraná, Curitiba, desenvolveu o texto que publicamos e que pode ser considerado pequeno manual do coração saudável.

Doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em todo o mundo. Dentre elas, o infarto agudo do miocárdio, ou ataque cardíaco é a mais importante.

Embora o coração bombe o sangue que irá nutrir todo o organismo, este sangue que preenche o coração não é empregado para a sua nutrição.

O oxig√™nio e demais nutrientes necess√°rios para o m√ļsculo card√≠aco s√£o transportados por art√©rias que se situam na parte externa do cora√ß√£o, s√£o as chamadas art√©rias coron√°rias.

Quando uma destas coron√°rias √© ocluida, geralmente por uma placa de gordura, uma parte do m√ļsculo card√≠aco morre. Isto ocasiona uma forte dor no peito, mas pode tamb√©m ocasionar parada card√≠aca, o que significa morte, a menos que a v√≠tima seja atendida imediatamente.

 

Por que o infarto ocorre?

¬†A principal causa de obstru√ß√£o de uma coron√°ria, com o conseq√ľente infarto do mioc√°rdio ou morte s√ļbita √© a ruptura de uma placa de gordura, chamada ateroma. Ao romper a placa, forma-se sobre ela um co√°gulo que ira ocluir a coron√°ria.

 

Fatores de risco cardiovascular

As placas ateromatosas podem já estar presentes no nascimento. Evoluem lentamente durante muitos anos. Vários fatores fazem com que a ateromatose tenha evolução mais rápida. São os chamados fatores de risco cardiovascular. Os principais são história familiar, isto é o pai ou irmãos tiveram infarto do miocárdio antes dos 55 anos ou se a mãe ou irmãs tiveram infarto antes dos 65 anos, pressão alta, diabetes, fumo, colesterol alto, obesidade e sedentarismo.

 A associação de dois ou mais fatores de risco aumenta o risco do paciente.

 

Press√£o alta

Consideramos alta a press√£o maior que 140 x 90mmHg. A medida da press√£o arterial deve sempre ser feita com a pessoa em repouso, por profissional treinado. A press√£o alta ou hipertens√£o arterial √© uma das doen√ßas mais freq√ľentes, atingindo 20% da popula√ß√£o. Geralmente n√£o d√° sintomas, embora esteja lesando o organismo. Todas as pessoas devem ter sua press√£o arterial medida pelo menos uma vez por ano, mesmo que nada sintam.

 

Colesterol elevado

Colesterol √© gordura proveniente da alimenta√ß√£o e tamb√©m produzida pelo f√≠gado. √Č elemento fundamental para o organismo, por√©m, quando elevado ir√° acelerar a aterosclerose. Pacientes que t√™m colesterol elevado devem fazem dieta evitando alimentos ricos em colesterol e gorduras animais, fazer exerc√≠cios f√≠sicos e se isto n√£o for suficiente, tomar medicamentos.

 

Fumo

O fumo produz estreitamento das art√©rias de todo o organismo. Favorece tamb√©m importante aumento da aterog√™nese e √© um dos mais importantes fatores de risco cardiovascular. √Č importante ressaltar que, n√£o importa quanto tempo o paciente tenha fumado, se para de fumar, em dois anos o risco cardiovascular do fumo ser√° pr√≥ximo do risco de pessoa que nunca fumou.¬† Sempre vale a pena parar de fumar!

 

Diabetes

O diabetes, caracterizado por aumento da glicose no sangue, √© uma das doen√ßas mais freq√ľentes. Ale de causar les√Ķes em v√°rios √≥rg√£os como olhos e rins, tamb√©m √© importante fator de risco cardiovascular. A principal causa de morte nos diab√©ticos √© o infarto do mioc√°rdio. Diabetes, com j√° falamos da Hipertens√£o Arterial, geralmente n√£o d√° sintomas por muitos anos. Portanto periodicamente deve-se fazer dosagem da glicemia, ou seja, do n√≠vel de a√ß√ļcar no sangue.

 

 Obesidade

Obesidade está aumentando em todo o mundo. O aumento do peso é fator de risco para o infarto do miocárdio, mas também aumenta a incidência de pressão alta e diabetes.

 

Sedentarismo

Pessoas sedentárias têm maior risco de sofrer infarto do miocárdio. A prática de atividades físicas, especialmente exercícios aeróbicos como caminhar, nadar, andar de bicicleta, deve ser incentivada em todas a pessoas. Recomenda-se pelo menos 30 minutos diários de exercícios aeróbicos moderados.

 

Infato Agudo do Mioc√°rdio

A oclus√£o (entupimento) de uma art√©ria coron√°ria ocasiona a morte de parte do m√ļsculo card√≠aco, o que se chama infarto agudo do mioc√°rdio.

Quando ocorre o infarto a pessoa pode ter morte s√ļbita: cai inconsciente e est√° praticamente morta. A morte s√ļbita pode ser revertida caso a vitima de ataque card√≠aco seja atendida imediatamente com manobras de ressuscita√ß√£o card√≠aca que compreendem ventila√ß√£o artificial e massagem card√≠aca externa. Isto √© feito at√© que socorro especializado cheque com um aparelho chamado desfibrilador.

Estas manobras, que podem salvar uma vida, podem ser aprendidas em um treinamento de 4 horas de dura√ß√£o, realizado com o emprego de manequins especiais que simulam vitima de morte s√ļbita.

Caso o infarto do mioc√°rdio n√£o ocasione morte s√ļbita, o paciente ir√° sentir forte dor no peito, ou melhor, sensa√ß√£o de forte peso no peito, que pode irradiar para o bra√ßo esquerdo ou tamb√©m para outras regi√Ķes do t√≥rax. Algumas vezes a dor do infarto do mioc√°rdio manifesta-se como dor abdominal que o paciente pode pensar ser problema digestivo.

O paciente pode saber se a dor no peito ou no abdome superior é devida a um infarto do miocárdio ou não. Toda dor mais intensa no peito ou abdome deve fazer com que o paciente procure atendimento cardiológico o mais rápido possível. O diagnóstico é feito com o auxilio de eletrocardiograma de exames de sangue.

O tratamento do infarto do miocárdio visa à desobstrução da artéria coronária obstruída, quer com medicamentos, quer com dilatação da área obstruída num procedimento chamado de angioplastia coronariana. Para que estes procedimentos sejam eficazes, devem ser realizados em menos de 4 horas após o início da dor, portanto é muito importante que o paciente procure o serviço de emergência o mais rápido possível.

 

Estresse

Tens√£o emocional, nervosismo, vida agitada e press√Ķes di√°rias no trabalho e em casa fazem parte do que √© conhecido como estresse. Estudos mostram que indiv√≠duos submetidos a estresse constante apresentam maior risco de infarto do mioc√°rdio. Deve-se, ent√£o controlar o n√≠vel de estresse incluindo-se na rotina di√°ria a realiza√ß√£o de atividades prazerosas.¬†

 

Como saber se uma pessoa est√° infartando e como proceder?

O infarto se apresenta de forma abrupta, trai√ßoeira, por meio dor muito forte no peito. √Č uma das dores mais intensas e angustiantes que existem, imposs√≠vel de ser tolerada por muito tempo. Freq√ľentemente, a dor √© acompanhada por sensa√ß√£o de morte iminente, suores frios, palidez, n√°useas e v√īmitos.

A ajuda deve ser imediata, atrav√©s de atendimento especializado, quando dispon√≠vel, ou pelo servi√ßo m√©dico mais pr√≥ximo. Se a pessoa sabe que tem a doen√ßa e a est√° tratando, deve seguir as recomenda√ß√Ķes m√©dicas para o caso de dor e procurar imediatamente o centro m√©dico de refer√™ncia a que o seu atendimento est√° vinculado.

√Č uma situa√ß√£o grave, determinante da morte de 50% dos pacientes antes de chegarem ao hospital. Esse √≠ndice pode ser reduzido para 10%, para os pacientes que conseguem alcan√ßar local com estrutura e recebem atendimento especializado com todos os recursos tecnol√≥gicos dispon√≠veis.

Vencida a fase aguda, o tratamento não cessa. Começam, então, medidas de ordem preventiva para evitar outros infartos. Os pacientes precisam mudar hábitos de vida: reduzir gorduras no sangue, baixar peso, abandonar fumo, fazer exercícios, controlar a pressão e tomar medicamentos recomendados.

 

Em que idade ocorre o infarto? Atinge homens e mulheres na mesma proporção?

O infarto pode ocorrer em qualquer idade acima dos 25 anos, mas √© mais freq√ľente entre os 45 e 65 anos. Ele pode se manifestar em qualquer hora do dia ou da noite, mas √© mais freq√ľente nas primeiras horas do dia. Quase sempre surge de forma abrupta, durante repouso ou na presen√ßa de emo√ß√Ķes fortes. O aparecimento de modo inesperado e estranho √© uma de suas caracter√≠sticas.

50% dos pacientes acometidos de infarto nunca sentiram nada parecido antes.

¬†At√© poucas d√©cadas, a incid√™ncia de infarto do mioc√°rdio era de seis homens para uma mulher (antes da menopausa). Essa propor√ß√£o diminui bastante depois da menopausa. Mas na atualidade, com as mulheres fumando e tomando p√≠lulas, a diferen√ßa diminuiu de modo significativo, principalmente nos √ļltimos anos. E, al√©m de comparecer cada vez com mais freq√ľ√™ncia e com maior gravidade, a doen√ßa tem acometido mulheres cada vez mais jovens.

 

Gorduras ingeridas na sua alimentação 

 Valores desejáveis:

Colesterol total (VLDL+ LDL + HDL): menores que 200 mg/dl

LDL colesterol: menores que 130 mg/dl

HDL colesterol: maiores ou iguais a 35 mg/dl

Triglicerídeos: menores que 200 mg/dl

 

SERVIÇO

A Universidade Federal do Paran√°, atrav√©s do Programa ‚ÄúPreven√ß√£o e Tratamento da Morte S√ļbita‚ÄĚ oferece √† comunidade a oportunidade de aprender sobre infarto do mioc√°rdio, fatores que levam a risco aumentado de infarto e o que fazer para atender vitima de morte s√ļbita. O curso, Reanima√ß√£o Cardiovascular e Preven√ß√£o de Ataque Card√≠aco, √© gratuito, coordenado pelo Prof. Murilo Gu√©rios Bittencourt e ministrado aos s√°bados √† tarde no Hospital de Cl√≠nicas e aberto a todos que se interessam em aprender mais sobre infarto do mioc√°rdio. Informa√ß√Ķes: Departamento de Cl√≠nica M√©dica (48)3262-8664 com Maristela
Patrocinio





Recado
Anjos de um minuto
Ele avançou com dificuldade e, então, percebeu. A mulher seguia ao lado

Somando forças
Um ano cheio de surpresas, este que deixamos para tr√°s. A natureza em f√ļria deixou penosas lembran√ßas

Cumpra sua lista. Sempre h√° tempo
Novo ano. Sempre é hora de revisar comportamentos e tomar rumo certo

Quando pensar faz mal
Às vezes surpreendo as pessoas afirmando que pensar racionalmente

© 2014 Vidaintegral Ltda.